Mostrando postagens com marcador light. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador light. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 29 de abril de 2015

leite condensado diet ... com redução de culpa ...

ingredientes:
¾ de xícara/chá de adoçante forno/fogão
2 1/4 xícaras/chá de leite em pó desnatado saboroso
¾ de xícara/chá de água fervente
1 colher/chá de manteiga ou margarina light
1 colher/sopa de iogurte natural bem durinho, sem nenhum soro ou coalhada tb bem durinha e sem soro

preparando:
bata tudo no liquidificador por 2 ou 3 minutos.
pronto!!!
guarde na geladeira, em um pote fechado.
ele vai adquirir consistência depois de 12 horas de refrigeração.
pode ser usado em qualquer receita que leve o leite condensado convencional.

abracadabra et, voilà!!!

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

maionese light caseira

por óbvias - ou nem tão óbvias - razões, eu sou fã da cozinha francesa, que muitos acusam de possuir muitos molhos pesados.
e não adianta tentar explicar que não é, realmente, o que parece.

é inegável que os franceses gostam dos molhos e um dos mais famosos é a mayonnaise/maionese.

por outro lado, é divertido conhecer a história de cada prato.
a mayonnaise/maionese, por exemplo, tem bastantes histórias sobre a sua origem, mas o blogg vai desvendar uma delas, avaliada por ele como a mais heróica e cheia de ação.

a mayonnaise/maionese é uma emulsão de óleo, ovo, vinagre, condimentos e especiarias.

o primeiro que a inventou deu-lhe o nome de mahonnaise, e de acordo com o dicionário de inglês oxford, o seu nome atual, mayonnaise, deve-se a um erro de impressão, em um livro de receitas de 1841.

sobre sua origem, molho e nome, a maioria das autoridades no assunto gastronomia acredita que a primeira mistura de gemas de ovo, óleo e temperos foi manifestada para comemorar a vitória das forças francesas comandadas pelo duque de richelieu, sobre os ingleses, em 1756/guerra dos 7 anos, na cidade de mahon, na ilha espanhola de minorca. o chef de cozinha do duque criou a festa da vitória, e incluiu um molho feito de creme de leite/nata e ovos.

por que o azeite, e não a nata???

com a falta da nata, o chef a teria substituído por azeite. supostamente o chef nomeou o novo molho como mahonnaise, para homenagear a vitória do duque que, além de desfrutar da reputação como um hábil lider militar, era conhecido como um bon vivant, com o estranho hábito de convidar seus convidados para jantar, nu.

reza a lenda que a mulher não deve tentar fazer maionese durante o tempo de menstruação ... a maionese desanda.

porém!!! guerras, erros de impressão e duques extravagantes que jantam nus, à parte, o assunto do blogg, hoje, é uma versão menos calórica da famosa receita.

ingredientes:
400 g de ricota
1 dente de alho
1/2 cenoura cozida - pra colorir ... opcional
1 xícara - chá - de leite desnatado
3 claras cozidas
sal e pimenta-do-reino a gosto
vinagre de limão

preparando: bata todos os ingredientes no liquidificador, até alcançar a textura desejada.

use a imaginação!!! invente!!! exagere!!! divirta-se!!!

abracadabra et, voilà!!!

requeri/regina claudia

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

compota - light - de frutas

doces caseiros feitos com frutas são saborosos, e muito saudáveis.
esta receita incrível, a compota light de abacaxi, maçã e laranja pera, é muito saborosa, meio azedinha, meio doce, e dá saciedade.
ingredientes:
2 laranjas pera com casca, cortadas em rodelas - retire as sementes
2 maçãs médias, sem casca e sem o miolo, cortadas em cruz - 4 pedaços
1 abacaxi sem o miolo, cortado em cubos - se quiser coloque o miolo pra cozinhar junto
1 xícara - chá - de açúcar light/fit - daquela marca conhecida
algumas pimentas dedo-de-moça, sem semente cortadas em rodelas - opcional
preparando:
leve as frutas lavadas e cortadas pra uma panela, cubra com o açúcar, coloque água até a metade da altura das frutas, sem cobri-las completamente, e leve ao fogo até reduzir a água à metade. deve ficar uma calda consistente, porém, não muito grossa.
na hora de servir enfeite com algumas rodelas da pimenta dedo-de-moça ... o resultado será um sabor inigualável.

abracadabra et, voilà!!!
requeri/regina claudia

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

a gente merece um doce

é notável a familiaridade dos adoçantes artificiais com pessoas que fazem uso deles por questão de saúde, porque estão acima do peso, e até pelos magros, como prevenção.

pela/na web/internet, os textos incluindo pesquisas, ou não, são inúmeros e discurssam sempre pelo mesmo caminho: nada de exageros, faça uso consciente, os edulcorantes - os adoçantes artificiais - fazem mal, o açúcar faz mal, o ideal é utilizar açúcar mascávo, bom mesmo é não adoçar, ...
colecionei boa quantidade de opiniões, e sugiro que leiam:

  1. Benefícios e cuidados na hora de utilizar um adoçante

  2. Entenda as diferenças entre os principais tipos de açúcares e adoçantes

  3. Adoçantes artificiais

  4. Adoçantes artificiais e naturais
tudo com o propósito de abrir caminho para uma receita deliciosa de bolo. afinal, um bolinho adoçado com algum daqueles adoçantes recomendados aos que não querem recolher algum peso em seus corpinhos esbeltos, ou aos que estão tentando deixar de lado os quilos a mais, indesejáveis, não há de fazer mal.
faz mal, o exagero.
costumo utilizar na culinária, o açúcar união light. ele adoça o dobro. recomendo que na receita a seguir, vcs façam o mesmo.




bolo de iogurte com limão

ingredientes
1 pote de iogurte natural desnatado - o copinho vai servir como medida pra outros ingredientes desta receita
1/2 copo de óleo de canola
1 copo de açúcar light ou adoçante artificial - seja qual for, deve ser granular
2 copos de farinha de trigo integral ou branca
3 ovos
1 colher de sopa de fermento químico
casca ralada de 1 limão

mãos à obra!!!
ligue o forno na temperatura média - 180 graus.
unte uma forma de buraco no meio.
bata as claras em neve.
em outra travessa bata todos os outros ingredientes: açúcar, gemas, iogurte, óleo, farinha.
pare de bater acrescente as raspas de limão, misture.
acrescente o fermento, misture.
leve ao forno para assar até que o palito saia limpinho.