Mostrando postagens com marcador água. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador água. Mostrar todas as postagens

domingo, 26 de novembro de 2017

casa limpa e cheirosa ...

a solução mais eficaz para limpar e perfumar a casa inteira!!!
com esta misturinha simples é possível perfumar literalmente tudo ... perfumar e limpar!!!

receita da solução simples à base de amaciante, álcool e água ... facinha de fazer!!!

vamos precisar de:
1 borrifador
1 funil ou um recipiente que tenha um biquinho pro líquido escorrer na mesma direção sem esparramar
1/2 xícara/chá de amaciante concentrado
1/2 xícara/chá de álcool
1 xícara/chá de água

vamos preparar e usar assim:
antes de começar, certifique-se de que os utensílios, se forem de plástico, não serão utilizados com alimentos ... eles vão ficar com cheiro do amaciante.
coloque no borrifador a água, o amaciante, o álcool ... dê uma sacudida leve ou misture tudo com a ajuda de uma haste.
pode perfumar cortinas - borrifada na cortina de uma janela que bata sol, o cheiro se espalha ainda mais pela casa - roupas e armários, tapetes e carpetes, cama, sofá, roupas no varal e as toalhas depois do banho, pra permanecerem com um cheiro de lavadas ... pode ser borrifado diretamente e deixar sua casa cheirosa, dar um cheirinho bom no carro ou ainda, usá-lo para limpar vidros, sujeiras leves em superfícies lisas ...

a misturinha com amaciante é ótima para fazer a limpeza do banheiro ... aplicado com um pano umedecido pode ser usado no piso, nos azulejos, no vaso sanitário, na pia, no balcão de fórmica ... pode ser borrifado no ralo ... o cheiro de limpeza dura horas porque o amaciente tem um ingrediente - o sal de amônio - que conserva o cheiro por um bom tempo ...

o melhor a fazer com a mistura é a limpeza dos vidros ... ela deixa os vidros limpinhos, brilhantes e sem manchas, além de repelir o pó por vários dias ... borrife e seque com um pano seco, em movimentos redondos formando um oito ...

tente, experimente!!!

abracadabra et, voilà!!!

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

panetone



esta receita de panetone não leva frutas cristalizadas, aquelas que se vê em qualquer panetone, nem a essência que causa aquele sabor/cheiro que qualquer panetone tem ... esta receita é pra quem não gosta, como eu, de panetone igualzinho ... certo???

esta receita é de um tempo em que não existiam as formas descartáveis pra assar panetone e eu, criativa como ninguém, colecionava latinhas pequenas de leite ninho pra serem usadas como tal ... e os panetones que eu fazia, distribuia, embalados pra presente, entre os amigos.

ingredientes:
500g de farinha de trigo
40g de fermento biológico
100g de manteiga
35g de leite em pó
35g de mel
100g de açúcar
5 gemas
5g de sal
700g de ameixa preta picada, damasco turco picado, uvas-passas, nozes, amendoas, castanhas/pará/caju, ...
- 700g de frutas, conforme o seu gosto - invente!!!
1 copo de água

preparando:
dissolva e misture o fermento biológico a 100 gramas de farinha de trigo e um pouco de água morna/3 colheres de sopa - essa mistura tem o nome de esponja.
deixe descansar e crescer por cerca de 20 minutos em local seco e coberto por plástico e/ou um pano seco e limpo.
sobre o mármore da pia liso, limpo e seco despeje a farinha e abra um buraco no centro, como um vulcãozinho.
acrescente os ingredientes um a um: primeiro a esponja, depois a manteiga e o leite em pó, em seguida o mel, o açúcar e as gemas.
com as mãos, misture os ingredientes do centro e vá incorporando aos poucos a farinha que está em volta - se precisar use uma pá de silicone.
mexa a massa e acrescente pequenas quantidades de água, aos poucos, para ajudar a dar o ponto. a massa deve ficar bem macia e lisa.
é importante colocar a água aos poucos para não perder o ponto, pois a massa pode ficar mole e grudenta.
coloque a massa numa vasilha, limpe e seque a pia, e unte-a com óleo. passe óleo nas mãos. manipule a massa sem que ela grude nos dedos.
abra a massa e acrescente as frutas.
para três panetones grandes, divida a massa em três partes iguais, e faça bolotas boleando com as mãos - caso prefira 6 panetones pequenos, divida em 6 partes.
coloque cada bolota em 1 forma de papel e deixe crescer por aproximadamente 50 minutos, em local aquecido e protegido de vento, até que dobrem o volume.
com uma lâmina ou algum apetrecho bem afiado, faça um corte em cruz em cima do panetone, dê uma levantadinha em cada uma das 4 pontas, coloque 1 colher de chá de manteiga sem sal no espaço no meio delas, e leve para assar em forno brando, a 180ºc, de 40 a 50 minutos.

abracadabra et, voilà!!!

terça-feira, 13 de agosto de 2013

bolo simples, com água ou suco de frutas

coisa impensada pelas minhas avós, pela minha mãe, pelas minhas tias, até pelas minhas primas, por mim e por minhas amigas ... bolo sem leite, feito com água ... existe, e é bom!!! acredite!!!

ingredientes:
3 ovos
1 copo de água fria - pode substituir a água por suco de frutas, aqueles de garrafinha
2 copos e 1/2 de farinha de trigo integral - farinha de arroz ou creme de arroz, não contêm glúten e eu recomedo
2 copos de açúcar demerara ou mascavo
1 colher de sopa de fermento em pó
2 colheres de sopa de óleo

preparando:
pre-aqueça o forno em temperatura média - 180ºc - forno, cada uma/um sabe do seu.
unte uma forma de buraco no meio com óleo e farinha - experimente substituir a farinha pelo açúcar demerara, misturado à canela em pó.
colocar na batedeira os ovos, a água e o açúcar e bater bem.
acrescente a farinha e o óleo e continue batendo até obter uma massa homogênea.
por último, misture o fermento em pó.
colocar em uma forma untada e enfarinhada e levar para assar em forno pré-aquecido, até o palito saia limpo, e até que a superfície esteja dourada.

divirta-se!!!

abracadabra et, voilà!!!

requeri/regina claudia

domingo, 2 de junho de 2013

bolo de chocolate, sem leite, e com cobertura de chocolate

receita de bolo sem adição de leite, batido com água fervente ... muito bom e fácil de fazer ...

ingredientes/massa:
3 xícaras - chá - de farinha de trigo
2 xícaras - chá - de açúcar
1 xícara - chá - de chocolate em pó, ou achocolatado
2 xícaras - chá - de água fervente
1 colher - chá - de fermento químico em pó
1 colher - chá - de bicarbonato de sódio
1 xícara - chá - de óleo
2 ovos ligeiramente batidos

ingredientes/calda:
1/2 xícara - chá - de água
6 colheres - sopa - de açúcar
2 colheres - sopa - de chocolate em pó ou achocolatado
1 colher - sopa - de raspas da casca de laranja
1 colher - sopa - de manteiga

preparando a massa:
unte uma assadeira retangular - 22 cm x 33 cm - com óleo.
pré-aqueça o forno em temperatura média-alta.
em um recipiente, misture a farinha de trigo, o açúcar, o chocolate em pó/achocolatado, o fermento e o bicarbonato peneirados.
junte o óleo, os ovos e a água fervente, misturando bem.
despeje a massa na assadeira, e asse por cerca de 25 minutos ou até que o palito espetado na massa, saia limpo.

preparando a calda: em um panela misture todos os ingredientes, e leve ao fogo baixo, deixando ferver até obter uma calda grossa. retire do fogo e espalhe sobre o bolo ainda quente. deixe esfriar, e corte em quadradinhos.

obs.: originalmente este bolo é feito com chocolate em pó, o do frade, mas nada impede que ele seja feito com achocolatado, caso você não tenha o chocolate.

abracadabra et, voilà!!!

terça-feira, 19 de outubro de 2010

chorando, eu??? não!!! é a cebola

a culpa é dos sulforetos e enzimas. quando cortamos a cebola, suas células se rompem, e esses elementos, livres!!! misturam-se entre si e dão origem ao ácido sulfénico. volátil, ele se transforma em gás que, em contato com a umidade natural de nossos olhos, provoca uma reação transformando-se em ácido sulfúrico. a defesa de nossos olhos é a irritação e, consequente, produção de mais umidade, as lágrimas, abundantes. e assim se dá ... o choro é compulsivo, desastroso, comovente.
tente algum paliativo:

  1. cortar cebolas em ambiente ventilado ou perto de um ventilador ligado, dispersará o gás.
  2. cortar cebolas mantendo as que as suportam, mergulhadas em uma vasilha cheia d'gua, ou sob água corrente, são alternativas eficientes, e que evitam o torrencial derramamento de lágrimas. o que ocorre é que o ácido sulfúrico vai se formar antes de entrar em contato com a umidade de nossos olhos.
para evitar o choro diário, siga um bom conselho: faça um tempero básico, periodicamente.
receita, aqui ... meu tempero.
aumente a quantidade de cebola, diminua a quantidade de alho, faça do seu gosto. ele tempera arroz, feijão, carnes, peixe, salada - coloque cru ou dê uma fritadinha em azeite de oliva, para temperar folhas, batatas cozidas, qualquer salada.


oda a la cebolla
pablo neruda
retirado de odas elementales
aqui, poema traduzido


cebolla
luminosa redoma,
pétalo a pétalo
se formó tu hermosura,
escamas de cristal te acrecentaron
y en el secreto de la tierra oscura
se redondeó tu vientre de rocío.

bajo la tierra
fue el milagro
y cuando apareció
tu torpe tallo verde,
y nacieron
tus hojas como espadas en el huerto,
la tierra acumuló su poderío
mostrando tu desnuda transparencia,
y como en afrodita el mar remoto
duplicó la magnolia
levantando sus senos,
la tierra
así te hizo,
cebolla,
clara como un planeta,
y destinada
a relucir,
constelación constante,
redonda rosa de agua,
sobre
la mesa
de las pobres gentes.

generosa
deshaces
tu globo de frescura
en la consumación
ferviente de la olla,
y el jirón de cristal
al calor encendido del aceite
se transforma en rizada pluma de oro.

también recordaré cómo fecunda
tu influencia el amor de la ensalada
y parece que el cielo contribuye
dándote fina forma de granizo
a celebrar tu claridad picada
sobre los hemisferios de un tomate.

pero al alcance
de las manos del pueblo,
regada con aceite,
espolvoreada
con un poco de sal,
matas el hambre
del jornalero en el duro camino.
estrella de los pobres,
hada madrina
envuelta en delicado
papel, sales del suelo,
eterna, intacta, pura
como semilla de astro,
y al cortarte
el cuchillo en la cocina
sube la única lágrima
sin pena.
nos hiciste llorar sin afligirnos.

yo cuanto existe celebré, cebolla,
pero para mí eres
más hermosa que un ave
de plumas cegadoras,
eres para mis ojos
globo celeste, copa de platino,
baile inmóvil
de anémona nevada
y vive la fragancia de la tierra
en tu naturaleza cristalina.