Mostrando postagens com marcador amendoim. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador amendoim. Mostrar todas as postagens

domingo, 26 de junho de 2016

amendoim ... mais seguro torrar em casa

a forma mais segura de consumir amendoim é comprando com a casca e torrando em casa.
sendo assim, selecionei a receita no blog.veronicalaino.com.br/ e estou disponibilizando aqui no assaseira:

sábado, 25 de junho de 2016

paçoca caseira ... versões light e diet

o amendoim é genuinamente brasileiro, é uma planta originária da américa do sul, é a leguminosa produtora de grãos mais plantada no mundo.
o nome científico da planta do amendoim é arachis hypogaea, que pertence à mesma família da ervilha, e que também inclui o feijão.

alguns benefícios do amendoim:
aumenta a libido, por causa das fibras que contém promove saciedade, combate a celulite, fortalece os ossos, protege a membrana celular, previne o câncer, fortalece as defesas do organismo, protege o coração, retarda o processo de envelhecimento, afasta a fadiga e o mau humor, fortifica unhas e cabelos, ajuda na cicatrização, converte os estoques de gordura corporal em energia, fortalece e aumenta a resistência dos músculos.

- paçoca light -
ingredientes:
250g de amendoim torrado com o revestimento vermelho que é muito nutritivo, e sem sal - comprar o amendoim na casca, descascar e torrar em casa
100g de farelo de aveia
2 colheres de sopa de manteiga - manteiga porque contém o ácido butírico que é interessante por causa das bactérias do bem do nosso intestino ... portanto, melhor que a margarina
4 colheres de sopa de açúcar magro ou adoçante em pó culinário
1 pitada de sal

preparando:
coloque todos os ingredientes em um processador e bata a mistura até formar uma massa homogênea.
dar a forma que preferir, pode ser bolinha, quadradinho, ...

a receita é da nutricionista karin honorato e fica uma delícia!!!

- paçoca diet -
ingredientes:
2 xícaras/chá de amendoim torrado com o revestimento vermelho que é muito nutritivo, e sem sal - comprar o amendoim na casca, descascar e torrar em casa
½ xícara/chá de leite em pó desnatado
3 ½ colheres/sopa de adoçante em pó culinário
5 colheres/sopa de leite líquido desnatado

preparando:
bata no processador o amendoim, o leite em pó e o adoçante, até obter uma farofa fina.
coloque numa tigela e acrescente o leite desnatado aos poucos, sempre misturando com a colher até a massa ficar úmida - a massa pode atingir o ponto de umidade antes de terminar o leite, sendo assim não precisa colocar o restante.
numa assadeira retangular pequena acomode a massa pressionando com as costas da colher até ficar compacta. cubra com plástico filme e deixe descansando por 1 hora.
retire o plástico filme e corte quadradinhos ou losangos.

pronto!!!

abracadabra et, voilà!!!

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

pizza de polenta

hoje eu queria olhar para a pizza com um olhar diferente ... desta vez não quero uma pizza normal, novamente.

planejei uma pizza de polenta com muçarela de búfala, tomate e pesto de manjericão preparado com alho e amendoim. incomum, saborosa e gratificante, especialmente a preparação.

ingredientes:
preparado para polenta - polentina ou equivalente
caldo de legumes
3 tomates médios
uma receita de pesto de manjericão - se quiser use um pesto comprado pronto
3 maços de manjericão fresco, lavados, secos e separadas as folhas e flores
4 dentes de alho - caso vá fazer o seu próprio pesto
1/2 xícara de amendoim torrado - caso vá fazer o seu próprio pesto, e se o amendoim estiver salgado ... cuidado com o sal na receita
queijo parmesão ralado a gosto - caso vá preparar seu próprio pesto
350 g de muçarela de búfala, ou qualquer outra - pode ser em fatias ou ralada
sal e pimenta a gosto
azeite de oliva

preparando:
pré-aqueça o forno a 200º c, ou equivalente.
prepare uma receita de polenta com caldo de legumes.
forre uma assadeira com papel manteiga.
coloque a polenta pronta, ainda quente, sobre ele, e nivele com a ajuda de uma espátula ou colher grande formando uma camada bastante uniforme.
se quiser ou precisar, você pode endireitar as bordas ... um passo puramente estético, pra quem come com os olhos, e pro caso da polenta ser colocada numa assadeira maior.
então deixe a polenta esfriar um pouco, enquanto cuida dos outros ingredientes.

lave e seque os tomates, e corte-os em fatias médias, uniformes. corte a muçarela de búfala em fatias - ou utilize outra muçarela ralada ou fatiada.

prepare o pesto: bata no liquidificador, no processador, no pilão ou no mixer - 1 xícara/chá cheia de folhas de manjericão fresco; os dentes de alho; o amendoim torrado; 1/2 xícara/chá de azeite de oliva; o queijo parmesão ralado e sal a gosto.

espalhe o pesto sobre a polenta.
distribua sobre a camada de pesto, as fatias de tomate e a muçarela.
salpique com pimenta do reino, se quiser.
coloque pra assar durante cerca de 20/25 minutos, ou até que a muçarela esteja derretida e dourada no ponto do seu gosto.

pique grosseiramente as folhas do manjericão, espalhe sobre a pizza pronta e regue tudo com azeite.
sirva imediatamente.
bom saber que a polenta não deve ficar crocante, mas firme o suficiente para ser cortada.

abracadabra et, voilà!!!

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

massa caseira/spätzle com molho de legumes

esta receita é muito fácil, boa de preparar, surpreendente.

porém, antes de tudo, e como este blogg eu criei pra ser um tratado sobre comidinha e escritos saborosos, quero dar uma idéia do que significa a palavra spätzle, a versão gringa do nome desta massinha simpática e delicada.

by the way, spätzle/spätzli/chnöpfli/knöpfle/nokedli/galuska é um tipo de macarrão ou bolinho à base de ovos, de textura macia encontrada na culinária do sul da alemanha e da áustria, suíça, hungria, sul do tirol, e no leste da frança.

a origem fiel e verdadeira do nome spätzle não é conhecida com precisão.
por mim e pelo blogg, adotei uma versão bem simpática e convincente: ela diz que antes de existir o utensílio apropriado pros alemães fazerem a massa, uma espécie de peneira com furos grandes - e que continua não sendo de utilização obrigatória - eles moldavam pequenos pedaços de massa com a mão, que eram cozinhados em água fervente. seu formato era associado ao pássaro pardal, spatz, depois spätzle, pardalzinho. que seja!!!
então, a massa caseira, manual, é chamada spätzle, que quer dizer, literalmente, pardalzinho/pequeno pardal, no dialeto alemânico.

na alemanha, o späetzle é servido como um prato muito parecido com batatas ou arroz, e é muitas vezes acompanhado de um molho ... qualquer molho!!!
há versões da massa que podem ser manipuladas formando pequenos bolinhos redondinhos ou sem forma, e rolinhos. mas esta é uma outra receita, que vou deixar pra uma outra vez. aguardem!!!
os bolinhos späetzle podem ser cozidos e depois fritos num pouco de manteiga com cebola, e/ou alho porró, e/ou cebolinha verde, ... fundamental o uso da imaginação!!!

a versão da receita de hoje, é um massa mole que vai pra dentro da panela com água fervente, auxiliada por uma faca.
o alho selvagem/alho do urso é, originalmente, o ingrediente principal deste prato.
porém, ele não é encontrado com facilidade entre os vegetais com os quais estamos habituados.
foi então, que substituí pelo alho japonês/nira, picado, como se fosse o outro, misturado com algumas gotas de água e um bom toque de azeite de oliva, e bem esmagado com uma 'varinha mágica'/pilão ou mixer, e depois incorporado à massa.

o resultado, depois de tudo junto, massa e molho de legumes, muçarela ralada, nozes ou amendoim torrado e sem pele, tostado no azeite, é um prato muito bom, de massinhas verdes, compridinhas e delicadas.
o molho de legumes é preparado como uma espécie de receita mediterrânea, cheia de frescor.

ingredientes para o macarrão:
500 gramas de farinha de trigo
5 ovos
1 1/2 maços de alho japonês, limpo, lavado e picado
sal
fio de azeite
algumas gotas de água

ingredientes para o molho e guarnição:
200 g de amedoim torrado, sem pele, triturado

1/2 litro de caldo de legumes
2 cenouras, descascadas e cortadas em cubos pequenos
1 alho porró
1 abobrinha
um punhado de vagem macarrão - não tem fio
1 cebola grande, descascada e cortada em cubos pequenos 1 punhado de cebolinha, cortada 2 dentes de alho descascados e picados 1 maço de manjericão lavado, separadas as folhas, e as flores, se houver azeite de oliva
caldo de legumes
um pouco de mel ou glucose de milho
sal
pimenta
amido de milho para obter liga e cremosidade ao molho
500/600 g de muçarela ralada - pode ser outro queijo que derreta
azeite de oliva

preparando o macarrão: coloque água salgada pra ferver.

amasse com um pilão, ou bata com um mixer, as folhas do alho japonês, o azeite e algumas gotas de água. junte a farinha, os ovos, as folhas do alho amassadas e acerte o sal.
a massa não deve ficar muito grossa. deixe descansar por 10 minutos.
coloque um pouco da massa numa tábua e, com a ajuda de uma faca, deslize tiras da massa pra dentro da panela onde ferve a água.
cada macarrãozinho que vai flutuando, indicando que está cozido, deve ser recolhido, passado na água fria, com a ajuda de uma escumadeira, e levado, delicadamente, pra um local onde escorrerá o excesso de água - pode ser o escorredor de macarrão ou de arroz.
conforme vai escorrendo, cada pequena quantidade, deve ser colocada numa assadeira untada com leve camada de azeite, pra aguardar a sua utilização.
preparando o molho de legumes: dissolva o amido de milho em um pouco de caldo de legumes morno/frio. reserve.

em uma panela grande esquente o azeite de oliva, refogue os 2 dentes de alho, as cenouras, o alho porró, a abobrinha, a vagem macarrão, a cebola e a cebolinha. em seguida, despeje o caldo de legumes suficiente e, em fogo baixo, cozinhe os legumes até ficarem all dente.
acrescente a mistura de amido de milho e caldo de legumes reservada.
neste momento, adicione o manjericão picado.
acrescente um leve toque doce adicionando o mel/glucose de milho, tempere com pimenta, e acerte o sal. regue com um pouco de azeite.

em uma frigideira grande, toste as nozes/amendoim triturado, com um tiquinho de azeite.

dirija-se à assadeira onde está a massa, polvilhe com o amendoim/nozes tostadas e trituradas, espalhe a muçarela ralada, regue com azeite, e coloque no forno até derreter/dourar.
sirva cada porção sobre um tanto do molho de legumes, e algumas folhas de manjericão.

abracadabra et, voilà!!!

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

pão de grãos sem farinha ... simplesmente fácil!!!

eu acho que uma das razões para este pão ter se transformado num querido é porque ele é tão super fácil de fazer.

pré-aqueça o forno a 180ºc.
unte uma forma ou refratário retangular, próprio pra pão, ou não, - existem as formas descartáveis no mercado.

numa tigela coloque os seguintes ingredientes:
6 ovos batidos em ponto de espuma - como na imagem abaixo
600 g de sementes, grãos e nozes
100 gramas de farinha de amêndoa ou amendoim - bata as amêndoas no liquidificador
2 colheres - chá - de sal grosso
1 xícara - chá - de óleo de girassol
sugestão de sementes, grãos e nozes: linhaça, sementes de gergelim, amendoim, sementes de girassol, sementes de abóbora, amêndoas, castanha de caju, castanha do pará/brasil, macadâmia, avelã, nozes.

piteco do blogg: sementes, grãos e nozes podem ser substituídas por uva-passa, ameixa seca, damasco seco, frutas cristalizadas ... invente!!!
só não dispense as 100 g da amêndoa moída ou do amendoim moído.

mexa/misture bem, e despeje na forma untada.

coloque no forno por 1 hora. quando estiver pronto, retire do forno, e deixe esfriar.

ele está pronto!!!

para brindar as fatias deliciosas vale qualquer complemento, e eu sugiro: tiras de frango, tomate, abacate, qualquer queijo, ... tudo terá um sabor celestial.


crie!!! invente!!! divirta-se!!! pois, cozinhar é o maior barato!!!

abracadabra et, voilà!!!
requeri/regina claudia